CURIOSIDADES SOBRE PICADAS DE INSETO

As picadas de inseto podem ser bem doloridas e incômodas.

Mas sabia que dependendo do inseto elas podem causar reações diferentes?

E que ao coçarmos podemos piorar a situação? Ou que existem vários métodos naturais de tratar as picadas?

Sim, são essas e outras curiosidades interessantes que você vai conhecer através desta postagem.

Mas antes vamos entender…

Por que as picadas de inseto causam inchaço e coceira?

Isso acontece devido à reação alérgica da pele causada pela ação de anticorpos que combatem a lesão e as substâncias injetadas pelo inseto.

Essa alergia é chamada de estrófulo e tem maior incidência em crianças, mas também pode ocorrer em adultos, especialmente os que tem hipersensibilidade a picadas de insetos (alérgicos).Geralmente as lesões tem o formato de uma circunferência de 3 a 10 milímetros de diâmetro, a qual contém uma saliência avermelhada. Com o passar do tempo ela evolui para uma bolha pequena com um conteúdo líquido.

Dependendo do inseto, as lesões podem se apresentar de diferentes formas:

Mosquito

As picadas de mosquito aparecem de forma dispersa (geralmente nas áreas expostas como braços, pernas e pescoços), elas causam coceira e inflamam um pouco, no entanto não demora muito para o desconforto diminuir.

Uma curiosidade interessante é que os mosquitos se sentem atraídos pelos hormônios secretados no ar pela mulher antes de menstruar, por isso as mulheres tendem a ser mais picadas por eles nessa fase.

Abelhas

Já a picada de abelha causa uma dor aguda e vermelhidão. O que piora se a pessoa for alérgica. Isso se deve ao fato da abelha injetar seu veneno no momento da picada, deixando uma bolsa e o ferrão injetados sob a pele.

 
Pulgas e Persevejos 
As picadas de pulgas e percevejos são menores e parecidas com picadas de mosquito, no entanto não são dispersas, mas feitas em fila.
Pois esses insetos continuam avançando para continuarem a chupar sangue. Elas podem ser encontradas especialmente em tornozelos e pés, provocando inchaço, vermelhidão e muita coceira.

Como esses insetos não voam, chegam ao ser humano através de animais de estimação ou mesmo em áreas de mata, por isso devemos ficar atentos à nossos animais de estimação e quanto formos visitar algum lugar que contenham muitos bichos e vegetação.Carrapatos

Os carrapatos apesar de não serem insetos (na verdade são aracnídeos, pertencentes ao mesmo grupo de aranhas e escorpiões) também são transmitidos através de animais de estimação. Assim como as pulgas e percevejos suas picadas são pequenas.

Esses pequenos animais costumam enterrar sua cabeça na pele para sugar o sangue, causando dor, muita coceira e desconforto.Por isso é importante que quando for removê-lo se certifique que a cabeça não ficou presa na derme.

O que as picadas podem causar?

As picadas causadas por insetos hematófagos (que sugam sangue) como mosquitos, pulgas e carrapatos provocam apenas reações locais, inchaço, coceira e vermelhidão.

Já em picadas causadas por insetos que injetam veneno como abelhas, vespas e formigas as reações podem ser mais graves, como anafilaxia, uma reação alérgica grave que ocorre especialmente em pessoas que tem hipersensibilidade à picadas de inseto.Além das reações anteriores ela pode provocar: fraqueza, vômito, diarreia, queda da pressão arterial, dor de barriga, aumento da frequência cardíaca, ansiedade, confusão, podendo até mesmo provocar a morte da pessoa se não for socorrida a tempo.

Por que não devemos coçar a área da picada?

Porque nossas unhas além de ferir a pele contém bactérias e outros micro-organismos que podem entrar na área lesionada através da ferida causada pela coceira, assim podendo causar uma infecção secundária, originando manchas e cicatrizes.

A infecção secundária também pode ser causada pelas fezes do inseto que podem evacuar no momento que estão sugando sangue.

Por que às vezes quando somos picados em um local podem aparecer marcas de picada em outros lugares do corpo?

Devido à disseminação sanguínea dos agentes inflamatórios que provocam múltiplas lesões na pele.

Como tratar as picadas de insetos?

O tratamento varia de acordo com o inseto causador da picada. Confira a seguir:

Mosquitos, Pulgas, Carrapatos

No caso de insetos sugadores o tratamento é mais simples, podendo ser feito em casa, sem a necessidade de uma visita ao médico. Pois a reação se dá apenas no local, por isso é necessário somente tratar diretamente a lesão.

Utilizar cremes, géis, pomadas ou loções à base de anti-histamínico, um anestésico local ajuda a combater a coceira e a dor. Compressas geladas, com água fria ou gelo, auxiliam no combate à dor e inflamação.

Além disso, há plantas e alimentos naturais que podem ser usados para aliviar os sintomas e tratar a picada, como:

Casca de Banana – para quem gosta de tratamento caseiro e ainda ajudar o meio ambiente, a casca de banana é ótima para substituir cremes e pomadas, basta esfregar a parte interna na casca na área da picada.

Dessa forma diminuirá o inchaço e a coceira. E a casca da banana ainda pode ser usada para estancar sangramentos e ajudar na cicatrização de feridas.

Manjericão – o óleo extraído do manjericão também ajuda a aliviar a coceira no local da picada. Este óleo contém cânfora e timol, duas substâncias que ajudam a combater a coceira.

Basta amassar folhas de manjericão fresco até extrair um líquido de cor escura e passar na área lesionada.

Mel – o mel também ajuda a tratar a coceira da picada, pois é composto por substâncias antibacterianas e anti-inflamatórias.

Dessa forma também combatendo a inflamação, fazendo com que a picada sare mais rápido.

Leite e Água – essas duas substâncias quando misturadas ajudam a reduzir a dor, coceira e inchaço da picada. Mas para isso tanto o leite como a água devem estar gelados e devem ser misturados em quantidades iguais sobre a pele com um pedaço de tecido.

Essa mistura também se mostra eficiente em queimaduras causadas pelo sol.

Babosa – essa planta tem propriedades anestésicas, anti-inflamatórias e bactericida.

Basta usar seu gel sobre a picada que a substância ajudará a aliviar a dor, inflamação e protegerá a área contra infecções.

Vinagre – o efeito ácido do vinagre ajuda a limpar a ferida, evitando infecções. Deve ser esfregado na pele em pequena quantidade com a ajuda de um algodão.

No entanto a maior preocupação em picadas de insetos hematófagos são os micro-organismos que eles transmitem através das picadas, podendo cansar doenças como a dengue, malária, doença de chagas, entre outras.

Por isso o ideal é se prevenir e caso seja picado e for infectado por alguma doença, deve ficar atento aos sintomas e tratar as doenças o mais breve possível.Abelhas, Formigas, Vespas

Já em picadas de insetos que injetam veneno o cuidado deve ser maior, sendo que o uso de substâncias geladas e produtos naturais ajudam a combater a dor e o inchaço, mas não expulsam o veneno injetado sob a pele, especialmente no caso de abelhas e vespas, que deixam seus ferrões na pele no momento da picada.

Nesse caso o ideal é retirar o ferrão e a bolsa da abelha com uma agulha, caso ele esteja preso, o melhor é empurrá-lo com a ajuda de um objeto reto como um cartão de crédito, dessa forma não terá perigo de apertar a bolsa de veneno e espalhar a substância.

Em seguida aplique sobre a picada uma massa feita com uma colher de chá de bicarbonato e algumas gotas de água, deixando secar. O indicado para extrair o veneno que possa ter penetrado na pele é usar um cataplasma de argila.

Caso a pessoa seja alérgica e a reação se mostrar pior, o ideal é levá-la ao médico.

Dependendo da reação a pessoa terá que associar o uso de anti-histamínicos orais e corticoides tópicos, além de antibióticos em casa de infecção secundárias. Mas tudo deve ser feito de acordo com a prescrição médica, pois esses medicamentos podem causar efeitos colaterais caso não forem usados de forma correta, o que pode colocar em risco a vida da pessoa.

 
Como se Prevenir Contra Picadas de Inseto? 
Utilizar repelentes nas áreas expostas é essencial, especialmente quando for em praias, lugares com presença de mata e locais abertos.
Evite acender a luz nos quartos à noite, pois ela pode atrair os insetos.Quando for comer em locais abertos evite comidas e bebidas açucaradas, pois elas atraem insetos, especialmente abelhas.

Não exagere no perfume, pois eles tem o cheiro semelhante aos das flores o que pode atrair os insetos.

Use roupas claras e folgadas que cubram bem o corpo. Roupas escuras e coloridas atraem os insetos.

Quando estiver próximo a uma colmeia ou ninho de vespas evite fazer movimentos bruscos, pois isso as atrai, já que elas tem como objetivo proteger seu lar.

Deve-se tomar um cuidado especial com crianças que são mais suscetíveis às picadas.

Conforme o tempo passa o corpo se torna mais resistente às reações alérgicas. Mas no caso de pessoas que são hipersensíveis, recomenda-se o uso de vacinas antialérgicas que ajudam a acelerar a cura das picadas assim como a formação de cicatrizes. Claro que tudo deve ser feito sob prescrição médica.