Adolescente pede socorro pelo WhatsApp e é encontrada morta na casa dos avós

 

Um pedido de socorro pelo aplicativo WhatsApp não foi o suficiente para salvar a vida da jovem, Yasmin França Bueno de 14 anos, na cidade de Xinguara, sul do Pará. De acordo com a imprensa local, a Polícia Civil da região e uma prima informaram, que a adolescente foi encontrada morta em seu quarto, na casa onde morava com os avós, na tarde de terça-feira (22) e estaria seminua, sem a calcinha, com uma perfuração no lado esquerdo do peito, além de marcas roxas no pescoço. Ela enviou uma mensagem em um grupo de WhatsApp, na madrugada anterior.

Na mensagem a adolescente fez um alerta avisando a seus amigos que havia um homem dentro de casa: “Socorro, gente. Tem um homem aqui em casa”. As autoridades também confirmam que Yasmin estava sozinha em casa no momento do crime. Apesar dessa informação, serão colhidos os depoimentos dos avós.

Ainda segundo a Polícia Civil paraense, imagens de câmeras de segurança próximas à casa da vítima serão utilizadas para auxiliar na investigação. Ainda não há suspeitos identificados como possíveis responsáveis pelo crime.

Quanto à possibilidade de Yasmin ter sido estuprada, a polícia informa que está à espera do laudo emitido pelo Instituto de Criminalística de Marabá, onde se encontra o corpo da adolescente. Agentes baseados em cidades próximas foram deslocados para reforçar a investigação, sob comando do delegado José Rodrigues Taborda.