ADVOGADO TEVE CAMINHONETE ROUBADA PELO PRÓPRIO CLIENTE

Um advogado criminalista da Bahia teve a caminhonete de R$ 72 mil roubada pelo próprio cliente, um homem que foi preso por falsificação de carteira de habilitação de motorista e libertado graças ao trabalho dele, em maio.

O crime ocorreu na zona rural de Piatã, na Chapada Diamantina, quando o advogado José Rosa Matos e o cliente dele, Alex Carlos Santos, 31 anos, se dirigiam a uma fazenda.

“Ele disse que ia buscar o dinheiro para pagar meus honorários, no valor de R$ 5.000.”

O advogado conta que durante a viagem, na noite do último sábado, passou a desconfiar de algo estranho no meio do caminho porque notou uma moto o seguindo.

“Cheguei a entrar em pânico perto da cidade de Boninal. Pensei em parar, mas oito quilômetros depois de Piatã ele me mandou parar o carro, desligou o motor e tirou a chave. Ele falou: ‘Perdeu, vou te sangrar’”, conta o advogado, segundo quem o homem usou uma chave de fenda para atacá-lo.

“Ele fingiu estar armado com revólver também e disse que tinha gente dele no mato.”

O advogado criticou a atitude de seu cliente.

Ele se disse “vítima de um psicopata que retribuiu o bem que eu fiz com o mal contra mim.”

Informações: Folha de São Paulo