Agricultores de Simão Dias são beneficiados com ações do Governo

A edição 2017 do Programa Estadual de Distribuição de Sementes e Mecanização Agrícola, ao todo, distribuirá 730 toneladas de sementes (300 de milho, 100 de feijão e 330 de arroz) e contratará 14.545 horas de trator, para atender agricultores no preparo 7.272 hectares, em 25 municípios do semiárido – os produtores estão inseridos no Fundo Garantia de Safra.

A entrega de sementes beneficiará 20.000 agricultores em todo o estado. O investimento do Governo do Estado na compra de sementes é de R$ 2.290.000,00. São sementes certificadas com ótima qualidade e produtividade, alto índice de pureza e geminação.

O pequeno produtor do povoado Lagoa Seca, em Simão Dias, José Carlos Silva elogiou a qualidade da semente distribuída pelo Estado. “O agricultor pequeno hoje tem dificuldade para adquirir boa tecnologia por causa do preço e o governo nos auxilia com essa semente de boa tecnologia, uma semente de ótima qualidade. Com uma semente assim, Deus ajudando e o inverno sendo bom, ela faz a parte dela, dá uma boa produção. Recebi 10kg de feijão e 20kg de milho pra plantar em meio hectare. Dependo do clima, consigo tirar três sacos de feijão e uns 20 sacos de milho. Isso ajuda muito na renda da família, porque é do que a gente vive, da nossa produção”.

O pequeno produtor do povoado Lagoa Seca, em Simão Dias, José Carlos Silva elogiou a qualidade da semente distribuída pelo Estado / Foto: Jorge Henrique/ASN

O pequeno produtor do povoado Lagoa Seca, em Simão Dias, José Carlos Silva elogiou a qualidade da semente distribuída pelo Estado / Foto: Jorge Henrique/ASN

Nas horas de trator, o investimento é de R$ 1.600.000,00, para beneficiar 7.272 agricultores do estado. Os recursos totalizam R$ 3.890.000,00. O programa é executado pela Seagri, por meio da Emdagro, com recursos do Fundo de Erradicação e Combate à Pobreza, gerido pela Seidh.

Outro benefício promovido pelo governo aos agricultores familiares é o processo de regularização fundiária. A ação é desenvolvida pelo Governo do Estado, através da Emdagro, e consiste no cadastro, georreferenciamento, expedição e entrega de títulos de propriedades para os agricultores familiares que ocupam suas terras de forma mansa e pacífica, dando-se prioridade para a regularização gratuita de áreas de acordo com a Lei de Terras de Sergipe (Lei 6.426/2008).

Ao todo no Estado, 67.774 imóveis rurais foram demarcados pela Emdagro em 31 municípios sergipanos, 18.001 títulos de propriedade foram entregues a agricultores familiares de 18 municípios nos últimos anos. De 2004 até hoje, foram investidos na Regularização Fundiária em Sergipe mais de 10 milhões de reais em convênios entre MDA/Incra/ Seagri/Emdagro.

Neste mês de junho, Ednalva Alexandrino Nascimento, moradora do povoado Salobra em Simão Dias, foi uma das beneficiadas com a regularização fundiária. “Isso é muito importante porque é um comprovante que tenho minha casa com a minha terra. Com a escritura, fico tranquila, sossegada, agradeço muito ao governo. Já moro há uns 10 anos no meu terreno, mas não tinha esse documento da regularização”.

Neste mês de junho, Ednalva Alexandrino Nascimento, moradora do povoado Salobra em Simão Dias, foi uma das beneficiadas com a regularização fundiária / Foto: Jorge Henrique/ASN

Neste mês de junho, Ednalva Alexandrino Nascimento, moradora do povoado Salobra em Simão Dias, foi uma das beneficiadas com a regularização fundiária / Foto: Jorge Henrique/ASN