(Arscaju) Moradores denunciam toque de recolher de assaltantes !

Moradores denunciam toque de recolher de assaltantes
População reclama de violência no Siqueira Campos
Apesar do muro, moradores dizem que terreno é usado por marginais (Fotos: Portal Infonet)

Os moradores do bairro Siqueira Campos estão apavorados com o índice da violência, especialmente em um trecho onde há um grande terreno baldio que, embora murado, serve como ponto de esconderijo de marginais. A comunidade teme ser identificada, mas revela que há na região um toque velado de recolher impostos por assaltantes. “As sete horas da noite todo mundo se recolhe e fica com luz apagada com medo dos marginais”, revela uma senhora, que preferiu o anonimato.

Os moradores garantem que o imóvel é de propriedade de uma grande rede de supermercados e também cobram ação efetiva do poder público para dar maior atenção à segurança naquela região. O terreno toma toda a quadra entre as ruas Enoque Santiago, Barra dos Coqueiros e Paraíba. No terreno, há extenso matagal e muito lixo.

Na noite de sábado, 29, a senhora assistiu a um assalto e foi ameaçada por dois homens que teriam saído de dentro do terreno. “Eles saíram daí de dentro, assaltaram um rapaz, tomaram o celular, olharam e apontaram a arma pra mim, gritando ‘se correr eu atiro’, fiquei com muito medo”, ressaltou a moradora.

PM

Por dentro, imóvel acumula lixo e matagal

O tenente-coronel Paulo César Paiva, chefe da PM5, seção responsável pela comunicação social da Polícia Militar de Sergipe, informou que a equipe responsável pelo policiamento ostensivo naquela região vai intensificar as rondas na região e observa que o matagal e o lixo existentes no terreno deixam realmente a área vulnerável. No entanto, ressaltou que a prefeitura seria o órgão responsável para cobrar do proprietário a limpeza do terreno.

A assessoria de imprensa da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) informou que uma equipe técnica do órgão visitará o local para observar o que está acontecendo para adoção das medidas cabíveis.

O Portal Infonet tentou ouvir a rede de supermercado indicada pelos moradores como proprietária da área, mas não obteve êxito. A assessoria de imprensa se responsabilizou a dar uma resposta, mas até o momento não se manifestou. O Portal Infonet permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 8000.

Por Cássia Santana