As cantadas quase infaliveis

1 – Eu quero derreter na tua boca, não na tua mão.

2 – Me empresta uma ficha?
– Pra quê?
– Quero ligar pra minha mãe e dizer que acabei de encontrar a mulher dos meus sonhos.
Ou:
– Quero ligar pra sua mãe e agradecê-la.

3 – O teu pai é ladrão?
– Não.
– Então como é que ele roubou o brilho das estrelas e colocou nos seus olhos? (Esteja preparado no caso de ela responder “sim”.)

4 – Você é tão quente que chega a derreter o plástico da minha cueca.

5 – Quer ser o meu buffet de amor? Daí eu posso te deitar na mesa e pegar o que eu quiser?

6 – Vamos pra minha casa fazer as coisas que eu já falei pra todo mundo que a gente fez.

7 – A palavra do dia é “pernas.” Vamos pra minha casa espalhar a palavra.

8 – Não te doem as pernas de fugir dos meus sonhos todas as noites?

9 – Essa roupa ficaria ótima toda amassada no chão do meu quarto amanhã de manhã.

10 – Meu nome é [seu nome]. Isso é pra você saber o que gritar na hora.

11 – Meu nome é [seu nome], mas pode me chamar de “amante”.

12 – Bonito sapato. Quer transar?

13 – Posso te dar uma cantada?

14 – Sabe, se a gente cortar os teus braços, vai ficar igual à Vênus de Milo.

15 – Fique olhando para a marca da saia dela. Quando ela disser, “O que você está fazendo?”, responda:
– Vendo se você foi feita no céu.
ou:
– Vendo se você é do tamanho certo.

16 – Todas essas curvas, e eu sem freio nenhum…

17 – Se eu te dissesse que tem um lindo corpo, você o apertaria junto ao meu?

18 – Me fode se eu estiver errado, mas você não quer me beijar?

19 – Eu gosto de cada osso em seu corpo, especialmente o meu.

20 – Herdar oitenta milhões não significa muito quando se tem um coração fraco.

21 – Tá quente aqui ou é só você?

22 – Pode me informar um caminho?
– Pra onde?
– Pro seu coração.

23 – Quer casar comigo e ser a mãe dos meus filhos?
(Efeitos colaterais perigosos: Cuidado!)

24 – Vou te chupar tão forte que você vai ter que tirar os lençóis da sua bunda quando eu terminar.

25 – Sabe o que ficaria bem em você? Eu.

26 – Eu tenho saudade do meu ursinho. Quer dormir comigo?

27 – E então… Como estou indo?

28 – O que você acha de nós dois irmos para minha casa tirar essas roupas molhadas?

29 – Você quer Gin e platônico, ou prefere Scotch e sofá?

30 – A primeira vez é sempre a mais difícil.

31 – Com licença, você toma pílulas?

32 – Oi. Você engole?

33 – Puxa! Eles são de verdade?

34 – Ô gatinha, tá a fim de ganhar 50 conto fácil?

35 – Bonito vestido, posso falar contigo fora dele?

36 – Quer foder como coelhos?

37 – Bond. James Bond.

38 – Esqueça! Brincar de médico é para crianças! Vamos brincar de ginecologista.

39 – Quer brincar de adivinhação? Você senta na minha cara e eu tento adivinhar o teu peso.

40 – Sexo mata… quer morrer feliz?

41 – Eu procurei “deusa” no Aurélio, e teu nome tava incluído.

42 – Eu tive um péssimo dia e ver uma garota sorrir sempre me faz melhorar. Então, você pode sorrir para mim?

43 – Oi! Posso te pagar um carro?

44 – Eu tive sexo com alguém noite passada. Foi você?

45 – Você dá a bunda?

46 – É um relógio no seu bolso, ou só está feliz em me ver?

47 – Tem um pouco de Alemão/Espanhol/Italiano/etc em você?
– Hmmm…não….
– Bem, quer um pouco?

48 – O que você faria se eu te beijasse agora?

49 – Desculpa, mas eu já tô indo pra casa me masturbar e pensei se você não se importaria se eu fantasiasse com você?

50 – Oi, sabe porque é bem melhor se masturbar com esses dois dedos? (Levantando qualquer dedo)
Resposta óbvia:
– Não, por quê?
– Porque eles são meus.

51 – Estou bêbado.

52 – Moça, se a senhora já perdeu a virgindade, posso ficar com a caixa que veio com ela?

53 – Eu acho que devemos transar no gramado da frente como duas doninhas enlouquecidas AGORA!

54 – Sabe, eu gostaria de te foder até o cérebro, mas parece que alguém chegou na minha frente.

55 – Já experimentou aquelas camisinhas espinhosas?

56 – Ei, alguém peidou. Vamos sair daqui.

57 – Você tem os dentes mais brancos que eu já vi.

58 – Você dorme no seu estômago ?
– Não.
– Posso?

59 – Com licença, mas qual é a cantada que funciona melhor com você?

60 – Puxa o meu dedo.

61 – Com licença. Você quer transar ou devo me desculpar?

62 – Você acredita em amor à primeira vista, ou devo passar por aqui mais uma vez?