ASSOCIAÇÕES COMUNITÁRIAS DE SIMÃO DIAS VÃO PARAR NO MINISTÉRIO PÚBLICO

Pelo menos três associações comunitárias do município de Simão Dias tiveram seus nomes levados ao conhecimento da Promotoria Pública, duas delas, do mesmo povoado.

Nesta terça, 24, haverá a segunda audiência envolvendo as duas associações do povoado Ilhota. A mais antiga, que estava sendo comandada por Gileno Alves está com vários problemas a exemplo de desorganização, prédio abandonado e sem CNPJ. A associação mais nova e que tem Silvano Caldas na presidência propôs inicialmente junção das duas instituições, porém, sem aprovação popular já que um abaixo-assinado foi feito e não houve êxito, estaria levando a situação ao conhecimento do promotor para ver se consegue o prédio da associação mais velha do povoado, já que a sua funciona num vestiário de campo de futebol.

Nesta segunda, dia 23, o Ministério Público de Simão Dias recebeu petição de alguns moradores do povoado Areal solicitando que o promotor possa chamar o presidente conhecido popularmente por “Aldinho” a prestar esclarecimentos e responder às indagações. No documento, moradores alegam que está havendo a utilização de espaço e equipamentos em benefício próprio além de descaso relativo ao laboratório de informática e fábrica de doces.

Informções: Portal Edelson Freitas