Autoridades investigam suspeita de ebola no Paraná

O Ministério da Saúde informou na noite desta quinta-feira (9) sobre um caso de suspeita de ebola na cidade de Cascavel (PR). De acordo com o Ministério, trata-se de um homem guineense de 47 anos.

Ebola
Foto: Ilustrativa

Ele chegou do seu país de origem no dia 19 de setembro.No dia 8 de outubro, o africano, que não teve o nome revelado, teve febre. Ele se recuperou nesta quinta. De acordo com a Unidade de Pronto Atendimento Brasília, de Cascavel (PR), ele está em bom estado e mantido em isolamento total.

O caso foi considerado suspeito por ter ocorrido no 20º dia após a volta dele para o Brasil. De acordo com a OMS, os casos classificados como de suspeita de ebola acontecem com pessoas que apresentam algum dos sintomas da doença (febre alta ou hemorragia) em até 21 dias após ter estado na Libéria, Guiné ou Serra Leoa, países com surto da doença.

A África já registra cerca de 8 mil casos da doença (confira o mapa do ebola neste link).

De acordo com o Ministério, o paciente foi isolado e o caso está sendo acompanhado pelas equipes de vigilância em saúde do Ministério da Saúde e Secretaria de Estado de Saúde do Paraná.

Ele será transferido para o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Rio de Janeiro. O local foi escolhido como de referência nacional para os casos da doença. Nesta sexta-feira (10), o ministro da Saúde, Arthur Chioro, dará uma coletiva sobre o caso.

Fonte: Creative Commons – CC BY 3.0