Bombeiros Civis planejam implantar serviço socorrista em Simão Dias

bombeiro-civil-250x146Joinville em Santa Catarina, um grupo de pessoas fundou os “Anjos da Vida”, cujo objetivo consistia em melhorar o serviço de socorristas e como reflexo,  ajudar a salvar vidas. A idéia foi tão brilhante que chegou a ser tema de reportagem do programa Fantástico da TV Globo, no ano de 2004. A partir de então, vários outros exemplos vêm sendo mostrados pela imprensa no país demonstrando que o projeto vem dando certo.

Reportagens como essas despertaram em bombeiros civis da cidade de Simão Dias (SE) a idéia de tentar colocar em prática a prestação de serviços comunitários, como trabalhos de prevenção e atuações em situação de emergências e urgências porém, a iniciativa está nos primeiros passos, uma vez que a falta de apoio tem se constituído fortemente no principal obstáculo.

Denílson e Álvaro são bombeiros civis e desejam implantar o serviço socorrista em Simão Dias com a pretensão de suprir o aspecto deficitário na área quando o assunto é tempo em prestar assistência relacionada aos primeiros socorros. A idéia é que o grupo seja inicialmente formado por oito bombeiros civis.

Faz parte dos planos desses jovens realizarem dentro das normas e condições um serviço de primeiros socorros com plantões de 24 horas. Para isso vão lutar para conseguir uma sede onde possa centralizar a equipe. A pretensão inicial será a formalização de uma espécie de associação ou ONG; busca de sede para os plantões; equipamentos e transportes. A equipe irá ter diálogos com Prefeitura, Câmara de Vereadores e também os órgãos da Justiça, no intuito de se buscar subsídios para concretizar as ações em prol da população.

Ação de bombeiros civis já vêm sendo realizada em vários municípios do Brasil e além de prestar relevantes serviços conta com o apoio e parceria da população.

As pessoas engajadas nesse projeto já fizeram curso especializado em primeiros socorros e profissionalizantes como Bombeiros Civis durante um ano na cidade de Lagarto através da NFBC. Visivelmente, alguns registros de má prestação de socorro ocorrem naturalmente em Simão Dias. Outro fator muito criticado na região é a demora em algumas ocorrências com o Serviço Ambulatorial Móvel de Urgência (SAMU). Com a implantação desse serviço de socorristas local haveerá mais celeridade em ocasiões que o tempo é crucial para levar a vítima até um hospital ou Pronto Socorro.

Fonte: Portal Edelson Freitas