Ciganos são condenados a mais de 40 de prisão

Réus saíram do Fórum diretamente para o presídio
Júri teve duração de dois dias (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Foram condenados a mais de 40 anos de prisão os dois ciganos acusados pelo assassinato de três pescadores, crime ocorrido em 2010 no bairro Soledade, em Aracaju. O cigano Valdomiro Alves foi condenado a 49 anos, dez meses e 15 dias de prisão, enquanto o outro, identificado como Genivaldo Alves de Oliveira, foi apenado com 42 anos de prisão. Ambos deverão cumprir as respectivas em regime fechado.

Na sentença, a juíza Soraia Gonçalves, da 8ª Vara Criminal, que conduziu o júri popular, negou o direito dos réus aguardarem a apelação em liberdade. O processo entra na fase de recurso e os réus saíram algemados, na noite desta quarta-feira, 25, do Fórum Gumersindo Bessa para o sistema prisional.

Os ciganos foram julgados pelo assassinato dos pescadores Márcio Santos da Silva, 23, Gilton Oliveira da Conceição, 42, e Luiz Roberto dos Santos, crimes ocorridos no dia 15 de abril de 2010, às margens do rio do Sal, no bairro Soledade, no momento em que eles se preparavam para iniciar a atividade profissional.

fonte:infonet