Com finalistas conhecidos, última rodada do Sergipão vai definir vaga na Série D em 2018

Amadense e Sergipe se enfrentam no Brejeirão no único duelo que vale no hexagonal

Com finalistas conhecidos, última rodada do Sergipão vai definir vaga na Série D em 2018Com finalistas conhecidos, última rodada do Sergipão vai definir vaga na Série D em 2018

Lopeu é um dos destaques da equipe do Amadense (Foto: Reprodução/TV Sergipe)Lopeu é um dos destaques da equipe do Amadense (Foto: Reprodução/TV Sergipe)

Lopeu é um dos destaques da equipe do Amadense (Foto: Reprodução/TV Sergipe)

O segundo colocado, Confiança, recebe na Arena Batistão, em Aracaju, o lanterna Frei Paulistano com time completamente reserva. O Touro chegou a dar dor de cabeça ao Dragão, quando arrancou um empate em 1 a 1, jogando no Frei Paulo. O momento, agora é distinto. O Frei perdeu jogadores na reta final após não pagar salários e deve perder três pontos por usar oito atletas irregulares. No Confiança, a festa é geral, após conseguir a vaga na decisão com o Itabaiana.

Líder absoluto, o Itabaiana também deve mandar a campo jogadores reservas. O Tricolor vai visitar o Boca Júnior, no Estádio Francão, em Estância. O genérico argentino ainda pode ganhar uma vaga na Série D, desde que supere o líder, o Sergipe pelo menos empate com Amadense, continuando na terceira colocação do estadual e conquiste a vaga para a Série C no segundo semestre. No jogo de ida, o Ita venceu por 1 a 0.

Brejeirão será palco da única partida que vale alguma coisa (Foto: Filippe Araújo/FSF)Brejeirão será palco da única partida que vale alguma coisa (Foto: Filippe Araújo/FSF)

Brejeirão será palco da única partida que vale alguma coisa (Foto: Filippe Araújo/FSF)

O único jogo que realmente vale será entre Amadense e Sergipe. A partida será no Estádio Brejeirão, em Tobias Barreto. Com dez pontos, o Leão supera o Colorado, que tem 12, caso repita o que fez na rodada inaugural, quando surpreendeu o time da capital na Arena Batistão por 2 a 0. O Sergipe só precisa de um empate. O time comandado por Marcelo Vilar já está no Brasileiro da Série D deste ano, por isso, pode não precisar da vaga no ano que vem, caso consiga o acesso.

Fonte:G1