Depois de Simão Dias video intitulado` As mais rodadas Paripiranga’ vai virar caso de polícia

Jovens e mães prometem nesta quinta-feira (17/07) comparecer a Delegacia de Polícia Civil onde vão prestar queixa a respeito de um vídeo que foi postado no aplicativo WhatsApp contendo imagens de pelo menos dez garotas, entre elas menores de idade. De acordo com informações, o vídeo intitulado: “As mais rodadas de Paripiranga” teria sido postado em vários grupos sendo visualizado por milhares de pessoas nos celulares. Para as mães e jovens além de expor ao ridículo, o conteúdo humilha e ofende, por isso prestarão Boletim de Ocorrência e segundo informações vão solicitar levar o caso ao Ministério Público. O caso terá que ser acompanhando pelo Conselho Tutelar do município.
Baseado em informações, as jovens alegam que já possuem suspeita da autoria do vídeo e estão sendo coletados os nomes dos demais que repassaram as imagens com o objetivo de propagar cada vez mais a suposta difamação pública. Os detalhes serão repassados para o delegado titular. O caso deve render a partir desta quinta. Na Justiça, as jovens supostamente difamadas vão além de buscar retratação também indenizações. Fatos semelhantes foram registrados recentemente em vários municípios sergipanos como por exemplo Simão Dias, Lagarto e Itabaiana.