Detran tem cerca de 6 mil carros à espera de vistoria

Acúmulo é consequência de várias paralisações dos funcionários do órgão.

Existe, hoje, no Departamento Estadual de Trânsito de Sergipe (Detran) uma fila de espera para realização das

Foto: André Moreira/ Equipe JC Veículos nas concessionárias; vistoria está prejudicada por conta das constantes paralisações do Detran
Foto: André Moreira/ Equipe JC
Veículos nas concessionárias; vistoria está prejudicada por conta das constantes paralisações do Detran

vistorias veiculares com cerca de seis mil automóveis. O acúmulo é consequência das várias paralisações que vêm sendo realizadas pelos funcionários do órgão depois que a greve da categoria foi considerada ilegal pela Justiça. O atendimento ao público também está comprometido no Detran, e quem foi até o local na manhã de ontem, quarta-feira, 25, precisou de paciência para poder ser atendido.

Apesar de revoltados, os clientes preferem não se identificar ao criticar o órgão, pois temem que seus procedimentos demorem ainda mais para serem finalizados. “Eu estive ontem, terça-feira, 24, e não consegui ser atendido, esperei por quase duas horas e depois desisti. Vim de novo e estou aqui esperando, mas pelo jeito acho que foi mais uma viagem perdida, porque a demora é grande demais. Quer dizer, a gente vem, perde tempo, para todas as nossas obrigações e não é atendido. Para mim, era melhor está totalmente parado do que nessa enrolação que está aqui”, relatou o motorista que preferiu não se identificar.

Mas ele não foi o único. Outros dois condutores que tentavam pegar a segunda via da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) também enfrentaram dificuldades e até a saída da nossa equipe do local ainda não haviam conseguido receber o documento. “Essa é a terceira vez que eu venho e não consigo pegar a minha habilitação, não queria nem estar falando porque aqui é assim, se eles souberem que você falou mal seguram seu documento mesmo. É um absurdo o que está acontecendo aqui”.

Quem também vem enfrentado problemas com a greve do Detran são as revendedoras de veículos seminovos. Com as vistorias emperradas, a venda de carros caiu bastante este mês e os prejuízos já preocupam. “O cliente fica insatisfeito com a demora, porque quer resolver o quanto antes essas questões de documentação do veículo e não pode, muitos deles, inclusive, deixam de lavar o carro, e com isso nós acabamos perdendo a venda e obviamente deixando de lucrar. A vistoria está com uma fila enorme e quando voltar vai ser uma briga para mandar os carros para lá. Além disso, temos muitos gastos mantendo um carro no pátio da loja por muito tempo. O carro parado só gera despesa e não podemos vendê-lo antes de regularizar tudo, nem trazer novos modelos, pois não temos onde colocar”, reclama o sócio proprietário da City Car multimarcas, Bonieck Macena.

O diretor de Credenciamento e Atendimento do Detran, Jorge Eduardo dos Santos, não nega a demora nas vistorias, mas acredita que esses transtornos estão próximos de acabar. No entanto, ele garante que os demais serviços estão sendo executados normalmente. “A habilitação – primeira via e renovação – quase não está sofrendo atrasos com as paralisações, porque tudo isso pode ser feito pelo portal do Detran, e não depende diretamente dos funcionários para dar segmento ao processo. O cliente pode, inclusive, receber a documentação em casa. Quanto a transferência de veículos, estamos tendo alguns atrasos porque a vistoria está comprometida e a transferência só pode ser feita depois que ela é realizada. Os veículos novos estão tendo um atraso, mas é mínimo uma vez que já vêm vistoriados de fábrica. O emplacamento está mais lento, mas tem saído a contento e sem grandes atrasos. Nosso conselho é que as pessoas tentem resolver as suas demandas pelo portal, pois lá existem mais de 73 serviços disponíveis”, informa.

Fonte: Jornal da Cidade