Diego Costa deve ficar no Chelsea até punição a Atlético acabar

O Atlético de Madri pretende contratar Diego Costa, mas por causa da punição imposta pelo TAS a equipe só poderá fechar acordo com o centroavante em janeiro de 2018. Enquanto isso, o atleta teria que ficar em outro clube já que não está agradando no Chelsea. Apesar disso, o jogador brasileiro naturalizado espanhol deverá permanecer no clube britânico até poder ir para a capital da Espanha. A informação é do jornal Daily Star.

No início do mês de junho, o TAS confirmou a punição para o Atlético de Madrid de não poder contratar jogadores por duas temporadas. A multa, por outro lado, foi diminuída, passando de 825,3 mil euros (R$ 3 milhões) para 504,5 mil euros (R$ 1,8 milhões). Assim, o tribunal ratifica em sua principal parte a decisão do Controle e Comissão Disciplinar da FIFA, que tinha tomado a medida como pena por irregularidade na aquisição de jovens nas categorias de base do clube.

Diego Costa

Diego Costa

Com a decisão, o Atlético não poderá inscrever novos jogadores até o próximo mercado de inverno (em janeiro), mas poderá recuperar aqueles que transferiram para outros clubes, vender atletas e promover quem estiver em categorias de base.

O clube espanhol esperava que o Chelsea topasse reter Diego Costa em seu elenco até o fim do ano mesmo sem inscrevê-lo na Liga dos Campeões. O jogador chegou a ser especulado em equipes como Milan e até Palmeiras.

Ainda segundo o “Daily Star”, uma fonte ligada ao atacante disse que ele não tinha intenções de ir para a Itália e estava já preparado para se manter no Chelsea até a punição ao Atlético de Madri chegar ao fim.