Diego Costa faz gol, se choca com trave e abre corte feio na perna, veja o lance!

Diego-Costa-se-machuca-após-marcar-o-segundo-gol-do-Atlético-de-Madrid-Foto-Agência-Getty-Images-620x391
Diego Costa se machuca após marcar o segundo gol do Atlético de Madrid (Foto: Agência Getty Images)

Diego Costa marcou no seu retorno, ajudando o Atlético de Madri a vencer o vizinho Getafe (18º) por 2 a 0 e se manter isolado na liderança, neste domingo, pela 33ª rodada do Campeonato Espanhol, mas saiu lesionado.

O lagartense, que tinha ficado fora das últimas duas partidas do time ‘Colchonero’ por conta de problemas musculares, se machucou justamente depois de balançar as redes, aos 39 minutos do segundo tempo. O atacante de 25 anos se jogou na pequena para completar um cruzamento de Adrián e bateu muito forte na trave com as pernas.

A imagem foi forte, mas o clube tratou de tranquilizar os torcedores pouco depois da partida com uma mensagem na rede social Twitter, descartando uma lesão grave. “Por sorte, Diego Costa sofreu apenas uma corte na perna depois de se chocar com a trave”, postou o Atlético.

Ao vencer a sétima partida seguida na competição os ‘colchoneros’ chegaram a 82 pontos, três de vantagem sobre o outro time da capital, o Real Madrid, que no sábado aplicou uma goleada de 4 a 0 no penúltimo colocado Almería.

Os comandados do técnico argentino Diego Simeone também aumentaram para quatro pontos a diferença para o atual campeão Barcelona, que mergulhou na crise ao perder por 1 a 0 no campo do modesto Granada (13º), três dias depois de ser eliminado nas quartas de final da Liga dos Campeões, justamente pelo Atlético.

484614755-638x425

Faltando cinco jogos para o fim da temporada, os ‘Colchoneros’ só dependem de si para conquistar seu décimo título nacional, o primeiro desde 1996.

“Agora, vamos disputar cinco finais. A atitude dos jogadores foi a mesma da Champions. A equipe mostrou humildade e encantou nossa torcida, que sempre nos apoia sem parar”, comentou Simeone depois da partida.

No estádio Afonso Pérez de Getafe, o jogo começou bastante pegado, com muitas faltas, e os ‘colchoneros’ saíram na frente aos 40 minutos da primeira etapa, com um gol de cabeça do zagueiro uruguaio Diego Godín.

No segundo tempo, aconteceu de tudo com Diego Costa, que foi do céu ao inferno várias vezes.

Aos 19, Angel Lafita foi expulso por segurar o zagueiro brasileiro Miranda na área. Diego Costa foi para a cobrança do pênalti, mas o goleiro Codina fez uma grande defesa e ainda conseguiu para o chute de Raul García, que surgiu para pegar o rebote.

Diego Costa se redimiu aos 39 ao se jogar com muita raça para empurrar para as redes um cruzamento de Adrián, anotando seu 26º gol da temporada, em jogada que simbolizou todo o espírito de luta do clube. O atacante, porém, viveu novo drama ao bater com a perna na trave. Ficou caído no gramado, se contorcendo de dor, e saiu de maca antes de ser substituído pelo uruguaio Cristian Rodríguez.

O que era para se uma grande festa do Atlético, com a liderança consolidada e o retorno de Diego Costa coroado por um gol, acabou se transformando em apreensão, apesar do primeiro diagnóstico do departamento médico ser otimista.

 

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

  1. Atlético de Madri 82 33 26 4 3 72 22 50
  2. Real Madrid 79 33 25 4 4 94 32 62
  3. Barcelona 78 33 25 3 5 92 27 65
  4. Athletic Bilbao 59 32 17 8 7 55 35 20
  5. Sevilla 56 33 16 8 9 61 47 14
  6. Villarreal 52 33 15 7 11 52 38 14
  7. Real Sociedad 51 33 14 9 10 56 50 6
  8. Valencia 44 33 12 8 13 46 46 0
  9. Espanyol 41 33 11 8 14 37 42 -5
  10. Levante 40 33 10 10 13 30 41 -11
  11. Málaga 38 32 10 8 14 35 40 -5
  12. Rayo Vallecano 37 33 11 4 18 39 70 -31
  13. Celta Vigo 37 33 10 7 16 36 49 -13
  14. Granada 37 33 11 4 18 30 46 -16
  15. Elche 35 33 8 11 14 27 44 -17
  16. Osasuna 34 33 9 7 17 28 53 -25
  17. Valladolid 32 33 6 14 13 32 50 -18
  18. Getafe 31 33 8 7 18 29 51 -22
  19. Almería 30 33 8 6 19 34 64 -30
  20. Betis 22 33 5 7 21 28 66 -38

 

jed/maz/pm/lg

Fonte: http://esportes.r7.com/diego-costa-marca-mas-sai-machucado-em-nova-vitoria-do-atletico-13042014-3