Em Sergipe, presos votarão para prefeito e vereador

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe, des. Osório de Araújo Ramos Filho, reuniu-se na manhã desta sexta-feira (08), no Palácio Veraneio, com o governador do Estado de Sergipe, Jackson Barreto.

O intuito do encontro foi a assinatura do Termo de Cooperação Técnica sobre a instalação de seções eleitorais especiais nos estabelecimentos prisionais e unidades de internação. Além do presidente do TRE e do governador, assinaram o termo de cooperação o defensor público geral do estado, Jesus Jairo; o procurador do Ministério Público Estadual, Rony Almeida e o vice-presidente e corregedor do TRE, des. Edson Ulisses.

O presidente do TRE-SE demonstrou em detalhes como será estruturada a logística da eleição no presídio, destacando a criação de uma sessão especial dentro da unidade prisional.

Vale destacar que somenteos presos provisórios podem votar. O preso provisório éaquele sem condenação definitiva (recolhido em razão de prisão em flagrante, prisão temporária, por decretação de prisão preventiva, etc).

A Resolução TSE n. 23.461, que regulamenta a matéria, disciplina que as seções eleitorais serão instaladas nos estabelecimentos prisionais e nas unidades de internação com, no mínimo, vinte eleitores aptos a votar.

Ao final do encontro o presidente da Justiça Eleitoral sergipana entregou ao governador, ao procurador e ao defensor, dois livros históricos contendo os resultados das Eleições municipais no período de 1947 até 2012.

Integrando a comitiva do TRE-SE, estiveram presentes também  o diretor-geral, Rubens Lisboa, o assessor de comunicação, Ricardo Ribeiro e o coordenador de planejamentoestratégia e gestão, Marcelo Gerard.