Fifa cobrará R$ 59 para entregar ingressos da Copa por correio

A entidade máxima do futebol uma taxa de R$ 59 para 293200heroa-300x250eexecutar o serviço em território brasileiro e US$ 41 (cerca de R$ 94) para outros países, caso seja de interesse do torcedor comprador.

A Fifa anunciou neste domingo que disponibilizará por correio a entrega dos ingressos da Copa do Mundo de 2014. A entidade máxima do futebol uma taxa de R$ 59 para executar o serviço em território brasileiro e US$ 41 (cerca de R$ 94) para outros países, caso seja de interesse do torcedor comprador.

“A taxa de entrega cobre os gastos de expedição, os custos administrativos, as taxas aplicáveis e inclui até três tentativas de entrega dos bilhetes”, explicou a Fifa, em comunicado. A iniciativa da de disponibilizar a entrega por correio se deu após, segundo a entidade, 55% dos torcedores que foram agraciados no sorteio da primeira leva de ingressos mostraram interesse em receber os tíquetes em casa.

“Este é um serviço opcional para os fãs. Os ingressos são itens de valor e nao podem ser enviados pelo serviço comum de correios. É preciso garantir que os preciosos bens sejam enviados com segurança, em condições justas para todos os fãs no Brasil e no mundo”, declarou o diretor de marketing da Fifa, Thierry Weil.

Caso o torcedor não queira pagar pelo serviço, poderá retirar os ingressos em qualquer uma das 12 cidades-sede do Mundial de 2014, sem nenhum custo adicional. Durante a Copa das Confederações, no entanto, alguns tumultos ocorreram nos primeiros dias de retirada – os principais deles no Rio de Janeiro, onde longas se formavam e dificultavam a vida dos torcedores.

Os torcedores que desejarem receber em casa os ingressos deverão manifestar essa preferência até 30 de janeiro de 2014, por questões logísticas – depois dessa data, a entidade alega não haver tempo hábil para emissão e postagem dos bilhetes. Por questões de segurança, a Fifa declarou que os tíquetes começarão a chegar às casas dos torcedores de seis a oito semanas antes da Copa.

O pagamento do frete estará disponível para os quase 889 mil ingressos comercializados na primeira leva de vendas, encerrada na semana passada. A segunda fase terá início na manhã desta segunda-feira, mas sob outro sistema – em vez de manifestação de interesse e sorteio, os bilhetes serão garantidos por ordem de compra.

 

 

Fonte: Jornal do Brasil