Funcionários do Samu iniciam greve por tempo indeterminado

samuOs funcionários que trabalham no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) iniciaram na manhã desta quinta-feira (27/03), uma greve por tempo indeterminado.

Segundo informações, apenas 50% dos funcionários das motolâncias vão trabalhar, 60% da UTI móvel, e o efetivo nas ambulâncias de atendimento médico básico será de 40%.

Entre os funcionários em greve estão condutores, técnicos em enfermagem, enfermeiros, telefonistas e operadores de rádio, setor administrativo e de esterilização de materiais. Eles reivindicam reajuste salarial de cerca de 21%. Atualmente o salário dos condutores de ambulância é de R$ 622.

Fonte: Jornal de Sergipe