Garota de programa mata cliente alegando precisar voltar à prisão em Aracaju

as69dsegtdgdf5df15gd5sdfgas53fsad4ghfgjgj56i5-250x187Policiais militares realizavam policiamento preventivo no bairro Santa Maria, em Aracaju, na madrugada desta sexta-feira (17), quando foram abordados por uma mulher por volta das 3h. Ela disse aos policiais que era garota de programa, viciada em crack, com cinco filhos e havia acabado de cometer um homicídio contra um cliente na rua 30, conjunto Padre Pedro.

Segundo a polícia, a mulher assumiu a autoria do homicídio e a vítima foi morta a facadas em sua residência. Ela disse também que o crime foi realizado com o intuito de provocar a sua prisão para que não pudesse continuar a rotina ligada ao consumo de entorpecentes e prostituição.

O caso foi registrado na Delegacia Plantonista como homicídio qualificado, onde foi verificado que a suspeita já foi presa por roubo, endo cumprido 11 meses de prisão.

Segundo o Instituto Médico Legal (IML), o corpo da vitima já foi reconhecido e liberado para o sepultamento.

Do G1 SE