Historiador destaca a importância dos monumentos em Sergipe

Eles são vistos em praças e locais públicos.

A maioria das pessoas não sabe quem são, mas aprovam as estátuas.

As praças e locais públicos de Aracaju ganham vida e história com as estátuas e bustos que compõe esses ambientes.

Na Orla de Atalaia, elas estão lado a lado e se tornam um atrativo a mais para os turistas. “Quem você não conhece de olhar, tem que ler. Elas passam um conteúdo bem cultural”, acrescenta a turista Silvia Oliva.

“Horácio Hora é a maior expressão das artes plásticas do século 19, ele estudou e viveu em Paris, ele deixou nas artes plásticas brasileiras trabalhos que são marcantes ”, destacou o historiador Luiz Soleto.

O estanciano Graccho Cardoso também foi eternizado através de estátua e contemplado com o nome de um dos municípios de Sergipe. “Ele foi advogado e iniciou sua vida política no Ceará sendo senador pelo estado. De volta ao estado, é eleito deputado federal e o maior governador da república velha”, enfatiza.

Mas nem sempre às pessoas conhecem quem são os personagens. “Confesso que estou por fora, muito por fora. Era político? O que era? Não sei”, confessa o taxista Frankilin Monteiro.

Já a dona de casa Virgínia Santana diz que eles representam figuras políticas. “Um governador, um vereador. Uma pessoa que já faleceu e é representado por essa estátua para que não seja esquecido. Algumas pessoas lembram outras não”, conta.

 

 

 

fonte:G1