Idoso morre soterrado por sacas de milho em Pinhão

Um idoso morreu soterrado, entre sacas de milho, na cidade de Pinhão. O idoso, identificado como Eltênio José da Silva, 77, era agricultor e estocava sacas de grãos em um galpão no centro da cidade. Na quinta-feira, 5, o idoso desapareceu e os familiares começaram a procurá-lo, conforme os registros da Polícia Militar.

À noite, a família procurou apoio de policiais militares que atuam na cidade. A equipe esteve no galpão e lá o corpo foi encontrado, coberto por uma razoável quantidade de milho, que estava armazenada naquele galpão, localizado à rua Antonio Torres, no centro da cidade. O Instituto Médico Legal (IML) removeu o corpo e atestou, nos primeiros procedimentos, soterramento como causa da morte.

De acordo com informações do cabo Matheus, que integra a equipe da 2ª Companhia do 3º Batalhão da PM, há suspeita que o idoso caiu devido aos ferimentos encontrados na cabeça. Ele teria sido visto com vida pela última vez por volta das 10h30 da quinta-feira.

Outras mortes

O IML também registrou dois assassinatos durante a quinta-feira, 5. Os dois homicídios ocorreram no município de Nossa Senhora do Socorro. Um dos corpos, de um homem de 23 anos, chegou ao IML às 10h20 e o outro, também de um homem de 26 anos, às 18h50. As mortes serão investigadas pela polícia civil.

Também na quinta-feira, 5, o IML registrou a morte de um idoso, de 61 anos, vítima de queda. A vítima chegou a ser socorrida com vida, mas faleceu no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

Fonte: Infonet