Indivíduo considerado de extrema periculosidade é preso em Lagarto

sd56as4d6as54d6as54d6asd-250x168Policiais civis do município de Lagarto efetuaram na última sexta-feira, 24, a prisão em flagrante de Carlos Alberto Sampaio Neto, conhecido como ‘Neto’, por uso de documentos pessoais falsos em nome de Gustavo Bianchini de Souza Júnior.

Segundo o delegado Hilton Duarte, ‘Neto’ é considerado um indivíduo de extrema periculosidade e já foi preso por envolvimento na tentativa de sequestro do prefeito da cidade baiana de Iaçu.

“Após o levantamento da ficha criminal, constatamos que ele é um velho conhecido da polícia baiana, sendo preso anteriormente por assalto a banco, roubos durante saídas bancárias, porte ilegal de arma de fogo, além de tentativa de sequestro”, explicou.

as6d46as45d6as5fasf6a5sf48a7sd-250x282Ainda de acordo com Duarte, no momento da prisão os agentes encontraram em poder de ‘Neto’ inúmeros comprovantes bancários de vultuosas transferências.

“Na ocasião, ele confessou que queria ser uma nova pessoa, tentando esconder os crimes que cometou no passado. As investigações agora serão direcionadas a fim de esclarecer por qual motivo ‘Neto’ estava no município de Lagarto. Como também, a justificativa dessas transferências bancárias, já que ele não exerce nenhuma profissão”, pontuou o delegado.

Neto foi preso e encaminhado à Delegacia Regional de Lagarto, onde encontra-se à disposição da Justiça.

SSP/SE