Manifestantes fecham rodovias federais em SE e na capital transporte público está suspenso

Escolas e bancos não abrem nesta sexta-feira (30).


Manifestantes na ponte entre os municípios de Nossa Senhora do Socorro e Aracaju, em Sergipe. (Foto: Lanne Pacheco)Manifestantes na ponte entre os municípios de Nossa Senhora do Socorro e Aracaju, em Sergipe. (Foto: Lanne Pacheco)

Manifestantes na ponte entre os municípios de Nossa Senhora do Socorro e Aracaju, em Sergipe. (Foto: Lanne Pacheco)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (30) três trechos da BR-101 foram fechados por integrantes Frente Brasil Popular, que realizam protestos contra às reformas trabalhistas e da Previdência. Eles também são a favor de eleições diretas. Organizadores e polícia não informaram quantas pessoas participaram dos atos.

Os pontos interditados nas rodovias federais nos dois sentidos são KM 9, da BR 235, no município de Nossa Senhora do Socorro e nos quilômetros 89, também em Nossa Senhora do Socorro e no 70, no município de Maruim.

Na capital sergipana, o Sindicatos das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) informou que conseguiu uma liminar para manter 30% da frota atendendo a população, mas segundo o sindicato os trabalhadores rodoviários impediram a saída dos veículos.

Um acesso a capital está fechado na ponte do Conjunto João Alves Filho, divisa com o município de Nossa Senhora do Socorro, onde os manifestanets atearam fogo. A Polícia Militar está no local para manter a ordem.

Rodovia Marechal Rondon, em São Cristóvão (SE), motociclista tentou furar o bloqueio e foi agredido. (Foto: Reprodução/TV Sergipe)Rodovia Marechal Rondon, em São Cristóvão (SE), motociclista tentou furar o bloqueio e foi agredido. (Foto: Reprodução/TV Sergipe)

Rodovia Marechal Rondon, em São Cristóvão (SE), motociclista tentou furar o bloqueio e foi agredido. (Foto: Reprodução/TV Sergipe)

Na Rodovia Marechal Rondon, em frente a garagem de uma empresa de ônibus, no município de São Cristóvão (SE), manifestantes fecharam a rodovia nos dois sentidos com queima de pneus. Um motociclista tentou passar e gerou uma confusão generalizada, com agressões. A PM está no local.

Transporte Público

O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Município de Aracaju (Sintra) confirmou que os trabalhadores aderiram à paralisação.

Para tentar ajudar a população, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) liberou os táxis-bandeira para o transporte de lotação somente para esta sexta-feira (30).

Bancos 
Agências bancárias: fechadas

Educação
Escolas municipais: fechadas
Escolas estaduais: fechadas
Universidade Federal de Sergipe (UFS): fechada

Segurança
Guarda Municipal: normal
Polícia Militar: normal
Polícia Civil: segundo o sindicato, a categoria vai paralisar as atividades a partir do meio dia.
Polícia Federal: normal
Corpo de Bombeiros: normal
Agentes prisionais: normal

Comércio
A CDL informou que inicialmente as lojas do Centro abrem normalmente nesta sexta-feira.

Saúde
O Sindicato dos Médicos de Sergipe informou que serviços de urgência e emergência vão funcionar normalmente. Já o Sindicato dos Enfermeiros de Sergipe informou que a categoria entrou em greve desde o dia 28 e que os serviços estão mantidos de forma parcial nesse período.

Tribunal de Justiça
Em virtude da greve geral realizada nesta sexta-feira (30) o Poder Judiciário concedeu ponto facultativo, com suspensão dos prazos processuais.

fonte:Por G1 SE, Aracaju