Médica boliviana é presa suspeita de tráfico de drogas em Glória/SE

A droga foi encontrada no fundo falso do veículo.

Policiais Federais prenderam em flagrante um casal em posse de cerca de 32 quilos de crack, em uma pousada localizada na cidade de Nossa Senhora da Glória/SE. Após denúncia anônima, os policiais federais abordaram o casal Alberto Maurício de Souza, 48 anos, técnico em mineração, natural de Londrina/PR e Eliana Calderon Vaca, 33 anos, médica, de nacionalidade boliviana, que se encontravam hospedados em uma pousada na cidade de Nossa Senhora da Glória/SE. A prissão ocorreu na manhã de sexta-feira, dia 11, porém foi divulgada somente hoje,13, para a imprensa.

Ao verificar o interior do veículo em posse do casal, verificou-se um forte odor de entorpecente, similar a cocaína/crack. Ao ser realizado a desmontagem do veículo, em fundo falso do banco traseiro foram encontrados diversos tabletes de substância com característica de crack. Constatada a presença do entorpecente, foi dada voz de prisão em flagrante do casal. A droga estava acondicionada em um fundo falso de um veiculo Corolla, placa KAG- 6649, de Cuiabá/MT.

Segundo a PF, o preso confessou que é a segunda vez que transportava drogas para o Nordeste, sendo que a primeira vez foi para o Estado da Bahia, bem como foi o responsável pela confecção do fundo falso na parte de trás do banco do automóvel apreendido. O entorpecente apreendido seria entregue para um indivíduo que conhece apenas como “ZÉ”, de quem receberia o pagamento para pagar ao fornecedor da droga.

De acordo com a PF, eles responderão pelos crimes de tráfico interestadual de entorpecentes, com penas previstas de até 25 anos de prisão, encontrando-se presos na Delegacia Plantonista da Polícia Civil e Delegacia da Polícia Civil da Barra dos Coqueiros (a mulher), onde permanecerão à disposição do Juízo da Comarca de Nossa Senhora da Glória/SE.
Fonte: Ascom PF.