Nova indústria de confecções poderá se instalar em Sergipe e gerar 600 empregos diretos

c4e743b1767df872dea0178227e764e8-620x374

O governador do Estado, Jackson Barreto, conheceu detalhes de um novo projeto industrial que pode vir a ser instalado em Sergipe. Durante audiência, realizada na manhã desta sexta-feira, 27, com o presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), Sérgio Reis, ele conheceu os objetivos de empresários do setor de confecções, que podem gerar de 300 a 600 empregos diretos. A intenção do Governo é levar a fábrica para o município de Santa Rosa de Lima, distante 47 km da capital.

O diretor de recursos minerais da Codise, Rosman Pereira, que está acompanhando de perto o projeto, explicou que o grupo empresarial tem buscado o apoio do Governo do Estado, através do incentivo do Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI). “Hoje, nós viemos tratar diretamente com o governador do apoio que nós devemos dar a esta empresa para que no início do ano de 2016 ela possa começar a se instalar em Sergipe”, adiantou.

O presidente da Codise, Sérgio Reis, deixou claro que é ainda uma possibilidade que está sendo estudada. “Nós estamos dando início às tratativas. Fomos procurados pelos empresários e viemos trazer as informações para o governador, que solicitou da Codise total empenho e apoio dentro do Programa do Governo de Incentivo à Industrialização. Agora, vamos dar o segundo passo, que será conhecer a área, fazer os projetos, elaborar todas as informações técnicas e, a partir daí, dar prosseguimento. Deveremos fazer uma nova visita com os empresários a área e em seguida procurar o mais rápido possível, fazer as obras, a infraestrutura para que ela se instale aqui no Estado”, informou.

O governador Jackson Barreto não quis comentar mais detalhes, mas confirmou que existe a possibilidade de instalação da empresa na cidade de Santa Rosa de Lima. O Secretário de Estado da Fazenda, Jeferson Passos, também participou da reunião.

ASN