Pai é condenado a indenizar em R$ 5 mil mulher ofendida em rede social

indenizaçãoO pai de um adolescente de 16 anos foi condenado a pagar uma indenização no valor de R$ 5 mil depois que o filho comentou, em uma foto publicada em uma rede social, que a mulher que aparecia na imagem “fica com todo mundo”. O caso ocorreu no município de Manoel Viana, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, em 2012. A sentença saiu mais de três anos depois.

 

A decisão é da juíza Glaucia Dipp Dreher, da Comarca de São Francisco de Assis. Na foto, a mulher aparecia beijando um rapaz de 17 anos. O amigo dele, filho do réu, então com 12 anos de idade, postou o comentário. “O apelido dela é R$ 1,99″, “É que ela fica com todo mundo” e “Não vale nada”, escreveu o garoto.

 

Das redes sociais, a postagem repercutiu. O episódio pesou ainda mais pelo fato de os envolvidos, cujos nomes foram preservados, morarem em uma pequena cidade de cerca de 7 mil habitantes e também pelo pai do menino ser um advogado conhecido no município. Ele mesmo articulou a própria defesa na Justiça.

 

A mulher ajuizou ação e o pai do adolescente recorreu, mas teve o pedido indeferido no último dia 27 de março. Ao G1, o defensor afirma que desistiu de brigar na Justiça e reconheceu o erro do filho.

 

“Tem que reconhecer o erro. Ele teve uma falha pela falta de conhecimento. Ele quis fazer uma crítica para o rapaz. Mas não soube se manifestar”, sustenta o advogado. “A internet é perigosa. Os pais têm que acompanhar, ou ao menos instruir os filhos mais novos”, completa.

 

Segundo a decisão da magistrada, a indenização foi fixada a título de danos extrapatrimoniais, pois a “publicação feita na rede social Facebook pelo menor, filho do réu, feriu a imagem e a personalidade da autora”, diz o texto. O adolescente também foi condenado a cumprir quatro dias de serviço comunitário.

 

Do G1 RS