PM recebe mil armas e conclui meta de renovação de itens bélicos em SE

Com a entrega, cada policial militar e civil terá custódia da própria arma.

Brasil Mais Seguro garante mais R$ 50 milhões em investimentos na área.

 

Governo do Estado de Sergipe investiu mais de R$ 7 milhões em compra de matérial bélico desde 2007 (Foto: Marina Fontenele/G1)Governo do Estado investiu mais de R$ 7 milhões em compra de matérial bélico (Foto: Marina Fontenele/G1)

A Polícia Militar de Sergipe recebeu mil revólveres modelo ponto 40 na tarde desta sexta-feira (27). Cada arma vai ficar sob a custódia do próprio agente, o que complementa o ciclo de renovação do material bélico iniciado em 2007

A entrega aconteceu durante a cerimônia de assinatura do termo de adesão do estado ao programa Brasil Mais Seguro, do Governo Federal, que contou com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Martins Cardozo.

De acordo com o governador em exercício,Jackson Barreto, as mil pistolas custaram mais de R$ 1,8 milhão e esta entrega faz parte do cumprimento da meta de deixar cada policial militar com uma arma.

“Desde 2007, foram investidos mais de R$ 7 milhões no processo de renovação do material bélico, equipamentos de segurança e de proteção individual como coletes balísticos. Isso possibilitou que, da mesma forma que na PM, cada policial civil tenha uma arma de fogo acautelada no seu nome”, afirma o governador em exercício.

Ministro da Justiça, José Educaro Cardozo, sinaliza investimento na segurança pública em SE (Foto: Marina Fontenele/G1)Cardozo, sinaliza investimento na segurança pública em Sergipe (Foto: Marina Fontenele/G1)

O Brasil Mais Seguro vai destinar mais R$ 50 milhões para a segurança pública no estado. “Desses, R$ 26 milhões vão ser utilizados na compra de equipamentos de comunicação digital com cobertura em praticamente todos os 75 municípios sergipanos. As informações serão integradas de forma muito rápida, o que vai agilizar nos resultados das operações”, destaca Jackson. Ele disse ainda que vai realizar concurso público para aumento do efetivo policial.

fonte:G1 SE