Saiba quais são os procedimentos para tirar a carteira de habilitação

Se tirar a carteira de habilitação está em seus planos, então vocês tem interesse em saber quais são os procedimentos, certo? Pois bem, saiba agora quais são as etapas necessárias para que esteja hábil na condução de um veículo.

Para estar dentro dos requisitos é preciso que o solicitante seja maior de idade e alfabetizado. Apresentar um bom estado físico de saúde e mental, também são um dos pré-requisitos, que são comprovados por exames clínicos e psicotécnicos. Essa obrigatoriedade é válida pela precaução de evitar acidentes ao dirigir.

“Se a pessoa portar doenças como hipertensão ela pode passar mal ao dirigir e causar algum acidente. Uma pessoa que possa ter uma convulsão ao volante, também traz riscos de um possível acidente. Por isso é necessário a realização desses exames. Caso o aluno não tenha uma boa visão ou alguma deficiência controlável, ele pode passar por algumas adaptações que possam corrigi-la”, informa o diretor geral de uma auto escola, Fábio Nunes.

Com a aprovação nos exames solicitados, o aluno recebe uma autorização de formação na auto escola, que tem validade de até um ano.

A partir daí procede a etapa de um curso teórico com 45 horas, que equivale a cinco aulas em nove dias consecutivos. Os conceitos de aprendizagem têm como assuntos como legislação de trânsito, conhecimentos de primeiros socorros, mecânica básica, direção defensiva e preservação ao meio ambiente. Após esse processo o solicitante passará por prova objetiva com 30 questões. Para ser aprovado é necessário pelo menos 70% de acerto.

Com a garantia da adesão, o aluno recebe uma licença de aprendizagem veicular, que lhe dá o direito de realizar as aulas práticas. Nessa fase, são 20 aulas com duração de 50 minutos cada. É permitido fazer até duas aulas por dia. É obrigatório que 20% das aulas sejam realizadas a noite. “Essa exigência é essencial para que o aluno tenha o conhecimento de dirigibilidade a noite, para que ele aprenda a lidar com as adversidades noturnas”, afirma Fábio.

Após o término do processo de aprendizagem é solicitado uma avaliação prática no Dertran. Caso o aluno não passe no primeiro teste ele tem mais duas tentativas. Se a reprovação se repetir até a terceira chance, o requerente pagará uma tacha para voltar a realizar a prova.

Existem cinco categorias de habilitação. A carteira A são para motos, a B para carros, a C para caminhão, a D para transporte acima de sete passageiros e a E para transportes pesados e veículos de segurança.

O preço para tirar a carteira na categoria A custa em torno de R$ 440,00 mais tacha de R$ 386, 50 cobrada pelo Detran. Para a B o custo vai de R$ 660,00 incluindo tacha. AB custa 880,00 mais tacha de 535,00.