SECRETÁRIO SAÚDE DE ARACAJU E DIRETORIA DO CIRURGIA TENTAM SOLUCIONAR IMPASSE

 

Na manhã desta quinta-feira, 29, o secretário da Saúde de Aracaju em exercício, Luciano Paz, recebeu em seu gabinete o diretor geral do Hospital de Cirurgia, Gilberto Santos, e o diretor clínico, Edney Caetano, para tratar do contrato celebrado entre a secretaria e a unidade hospitalar. Essa reunião foi para dar andamento à ação judicial do Ministério Público Federal, cuja última audiência foi paralisada por 10 dias para que fosse feita a aferição dos serviços e as duas partes pudessem entrar num consenso e a Justiça homologue esse acordo, explicou Paz.

De acordo com o secretário, há uma somação de esforços da Saúde de Aracaju e do Hospital de Cirurgia para que a demanda seja resolvida de forma amigável. E tudo está se encaminhando para isso. Foi um encontro muito bom, em que nós falamos, tanto sobre as questões do passado, visando resolver as pendências, quanto sobre os planos para o futuro, para melhorar essa relação entre as secretaria e a instituição, e consequentemente o atendimento da população dentro do Cirurgia.

Um novo encontro já está agendado para a próxima terça-feira, 3, para dar andamento às negociações. A reunião de hoje foi muito proveitosa e com certeza teremos um bom resultado desses encontros. No próximo, faremos uma avaliação de todas as demandas que foram colocadas hoje para que consigamos encontrar um entendimento, destacou o secretário.

Quanto à demanda judicial do Ministério Público Estadual, relacionada à dívida do Município de Aracaju para com o hospital, que num primeiro momento houve um entendimento divergente da secretaria, foi esclarecida qual a visão do MPE acerca do assunto. Ficou muito claro o posicionamento dos promotores junto ao processo. Entendemos a posição do Ministério Público, que está no dever de proteger o cidadão e amparar realmente essas pessoas que ficaram desassistidas. A preocupação é atender à população. Houve um mal entendido de ambas as partes, mas que já foi esclarecido. Sempre mantivemos um relacionamento muito bom com os membros do Ministério Público, não só da área de saúde, mas também de todas as outras. É normal que aconteçam algumas divergências de opiniões, mas sempre tendo como prioridade a resolução dos problemas da melhor forma possível entre as partes envolvidas, visando sempre o melhor para a população, afirmou Luciano Paz.

Sobre o atendimento no Hospital de Cirurgia, o secretário da Saúde de Aracaju disse que teve conhecimento que foram retomados, mas de forma gradativa. É preciso que o hospital refaça, gradualmente, suas agendas, porque não é algo que se consegue fazer de um dia para o outro, mas a gente espera que seja dada certa celeridade nessa retomada. Sabemos que após toda paralisação, demanda de certo tempo para retomar plenamente os serviços.

Da asssessoria