Sergipe tenta, mas não consegue furar defesa do Tigre e está eliminado da série D

Tiradentes-CE segura empate sem gols com o Sergipe e está nas quartas

O Tiradentes-CE está nas quartas de final da Série D. O time cearense empatou em 0 a 0 com o Sergipe, na noite desta terça-feira, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, e se garantiu na sequência da competição nacional. O Tigre se beneficou do empate em 2 a 2 no primeiro jogo e avançou de fase por ter marcado gols na casa do adversário.

O Sergipe até que tentou furar o bloqueio cearense. O time sergipano pressionou o adversário durante a maior parte do primeiro tempo. Os atacantes Lucão e Leandro Kivel tiveram boas chances de gol, mas não conseguiram converter. Porém o lado cearense não queria apenas empatar o jogo sem gols e se classificar. A equipe da casa também teve boas oportunidades com Rafinha e Ribinha, mas o goleiro sergipano Pablo não deixou a bola passar.

Com o empate, a equipe cearense agora vai enfrentar o Botafogo-PB nas quartas de final da Série D. Quem avançar está garantido na Série C do ano que vem. O primeiro jogo será neste domingo no Estádio Almeidão, na Paraíba e a partida de volta acontece no dia 22, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza.

Pressão colorada

O jogo começou equilibrado. Sergipe e Tiradentes se estudavam em campo. Do lado sergipano Lucão e Kível tinham algumas oportunidades, já do lado cearense Rafinha e Ribinha também chegavam com perigo.

Aos 14 minutos, Pedro Bambu arriscou um chute de longe, mas o goleiro colorado fez boa defesa. O Sergipe respondeu aos 23. Após cobrança de escanteio, Leandro Kível quase abriu o placar de cabeça, mas a bola foi para a linha de fundo. Logo depois, o atacante colorado recebeu cartão amarelo por reclamação com o árbitro.

O Sergipe cresceu em campo e se sentiu em casa no Presidente Vargas. Lucão passou por dois marcadores, chutou forte e rasteiro, mas Fábio Lima espalmou para escanteio. O goleiro cearense ainda trabalhou bastante para defender a pressão dos sergipanos. Aos 32, Rodrigo cabeceou com perigo e o arqueiro fez bela defesa.

O Tiradentes respondeu com um contra-ataque liderado por Ribinha. O atacante ficou livre na área,

Torcida apóia o Tiradentes(Foto:João Marcelo Sena)
Torcida apóia o Tiradentes(Foto:João Marcelo Sena)

tocou para Manoelzinho, mas o chute saiu errado e bola foi para a linha de fundo. O time alvirrubro também seguia atacando. Leandro Kível arriscou de longe, mas a bola passou distante do gol.

Já nos acréscimos da etapa inicial, a equipe cearense tentou uma jogada com Manoelzinho, que lançou Ribinha com perigo, mas Raulino afastou e o jogo foi para o intervalo no zero a zero.

 

Continua…

O segundo tempo também começou equilibrado. O Tiradentes tomou a iniciativa com Manoelzinho, que chutou de fora da área, mas errado. Pelo Sergipe, Almir tentou de longe, mas a bola subiu demais.

Em uma dividida com Raulino, o cearense Valter recebeu cartão amarelo. Mesma punição para o atacante do Sergipe Lucão, que foi acusado de ter colocado a mão na bola.

Aos 14 minutos, o técnico Givanildo Sales mexeu no esquema tático do Sergipe e colocou o atacante Ila no lugar do volante Rodrigo. O treinador Danilo Augusto também mudou seu time e trocou o meia Manoelzinho pelo atacante Reginaldo Júnior.

O Sergipe tentou uma jogada com os atacantes Ila e Kível, mas a zaga do Tigre afastou o perigo.

Sergipe não conseguiu furar o bloqueio cearense (Foto: Bruno Gomes/Agência Diário)
Sergipe não conseguiu furar o bloqueio cearense
(Foto: Bruno Gomes/Agência Diário)

Os cearenses tentam com César Sampaio que fez o giro e Reginaldo Júnior tentou aproveitar, mas a defesa colorada mandou para longe.

Lucão e Almir Sergipe tentaram uma boa jogada, mas o Tiradentes não deixou os jogadores concluirem a gol. O treinador sergipano fez as outras alterações restantes e colocou Fernando Pilar e David nos lugares de Magno e Edinho.

O Tiradentes pressionava os visitantes. Rafinha ficou livre e mandou para Ribinha, que tirou tinta da trave de Pablo. Aos 36, o goleiro sergipano fez um milagre. Ribinha passou por quatro marcadores e chutou forte, mas o camisa 1 do Sergipe fez grande defesa.

O Sergipe deu o troco com Rafael, que mandou de fora da área, a bola desviou e o goleiro Fábio Lima foi buscar no ângulo evitando o gol colorado.

O Sergipe pressionava em busca do gol salvador, mas o Tiradentes não deixava barato e também assustava o goleiro Pablo. O árbitro deu cinco minutos de acréscimo, mas como ninguém conseguiu balançar as redes, no final do tempo regulamentar quem comemorou foi o Tiradentes. Com o empate sem gols, o  time cearense se classificou para as quartas de final da Série D e vai enfrentar o Botafogo-PB.

Fonte: G1 Sergipe