Sete homens foram presos em Lagarto e Itabaiana suspeitos de explodirem caixas eletrônicos

As polícias Civil e Militar, com o apoio da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), desarticularam no último domingo, 3, uma quadrilha que vinha atuando em Sergipe desde o mês de setembro, explodindo caixas eletrônicos.

Os executores dos crimes eram Lelsion Almeida Costa, 40 anos, líder do grupo e residente em Guarulhus (SP); Antônio Marcone Justino Souza, 28 anos, Gilvan Santos Sales, 29 anos, também moradores em Guarulhus; Rudinei Torres, 33 anos, residente em Araras (SP), e Valter Firmino Dias, conhecido como Bicicleta, 41 anos, morador de Itabaiana (SE). Já os responsáveis pela logística e eventual participação dos crimes eram Arivaldo Paixão dos Santos, 51 anos, morador de Lagarto, e Mário Silvano Lima, conhecido como Magnata, 38 anos, residente em Itabaiana, e ex-proprietário de uma casa de peças usadas para carros às margens da BR-235.

Os setes homens foram presos nas cidades de Lagarto e Itabaiana. Quatro dos envolvidos são de Guarulhos (SP) os demais são de Lagarto e Itabaiana. Do mês passado até agora foram registrado doze ocorrências com explosões de caixas eletrônicos.

Além dos sete homens presos, a policia conseguiu apreender dois veículos, munição e recuperar mais de R$ 114 mil em dinheiro, a investigação continua para descobrir o possível envolvimento de outras pessoas com a quadrilha e também a origem dos explosivos.

Recentemente foi roubado mais de 100kg de explosivos de uma pedreira em Itabaiana.

Nessa terça-feira (05) ocorrerá uma coletiva com a imprensa em local e hora ainda a ser definido onde será detalhado a operação.

quadrilha_caixas_eletronicos_g2

(Arte: Polícia Civil)