Simão Dias: Vídeo que retrata experiência de agricultor vence concurso no Rio Grande do Sul

O vídeo ‘Conservação e uso de recursos genéticos´, com produção coordenada pela pesquisadora da Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE), Semíramis Ramos, foi o vencedor do concurso de vídeos de um minuto durante o 10º Simpósio de Recursos Genéticos para a América Latina e o Caribe (SIRGEALC), realizado em Bento Gonçalves, RS, de 26 a 29 de outubro.

Com produção da bolsista Kamila Sobral, o vídeo retrata a experiência do agricultor familiar José Andrade, conhecido como ‘Seu Zé Queixinho´ no uso de sementes crioulas de abóbora há mais de 35 anos, no povoado Cumbe, em Simão Dias, no Centro Sul Sergipano.

O papel de agricultores familiares como Seu Zé Queixinho é muito importante na conservação de variedades crioulas de diversos vegetais no campo brasileiro. Mesmo sem se darem conta, pelo fato de seguirem usando, multiplicando e partilhando as sementes para o plantio seguinte, eles garantem a conservação de recursos genéticos de grande importância, explica Semíramis.

Concorreram, também, além do vídeo sobre abóbora, duas outras produções da Unidade – sobre conservação de recursos genéticos de coco e cana-de-açúcar, com produção de Kamila Sobral, Semíramis Ramos e Adriane Amaral. O vídeo sobre abóbora contempla imagens de trabalhos realizados em áreas de agricultores. Nos dois outros foram usadas imagens de trabalhos realizados, na sua maioria, nos bancos de recursos genéticos localizados nos campos experimentais da Embrapa Tabuleiros Costeiros em Sergipe. O vídeo da cana também tem fotos feitas pelo jornalista Saulo Coelho em áreas da Rede Interuniversitária para o Desenvolvimento do Setor Sucroenergético (Ridesa), em Alagoas.

Além de Semíramis, participaram do evento os pesquisadores Ana Veruska Muniz e Josué Francisco da Silva Júnior. No segundo dia do evento, Semíramis atuou como mediadora da mesa redonda ‘Abordagens não convencionais na conservação dos recursos genéticos´. A pesquisadora também apresentou trabalhos em forma de pôster e participou como avaliadora de trabalhos.

Ana Veruska e Josué apresentaram trabalhos relacionados com a cultura da mangaba. E a pesquisadora Adriane Amaral enviou pôster sobre pesquisas desenvolvidas com cana-de-açúcar.

O SIRGEALC é uma realização da Sociedade Brasileira de Recursos Genéticos (SBRG) em parceria com a Embrapa. (Por Gislene Alencar e Saulo Coelho)