Suspeitos de matar mulher foram detidos pouco depois do crime

delegacia-regional-de-lagarto-LCEV-820x300Terezinha Oliveira Nascimento, de 45 anos, foi assassinada na porta da própria residência durante um assalto por dois suspeitos que ocupavam uma motocicleta. Crime que chocou o município de Lagarto.

Pouco depois do crime, dois suspeitos foram detidos e conduzidos para a Delegacia Regional de Lagarto (DRL) por Polícias Militares do 7º Batalhão. Um deles é adolescente e o outro, adulto, identificado como José de Almeida Oliveira, segundo informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP).

Familiares do menor foram até a Delegacia de Lagarto na manhã desta quarta-feira (16/12) pedir a soltura do mesmo, familiares dizem que o menor é trabalhador e inocente e que no momento do crime ele estaria na casa do cunhado de sua mãe jogando vídeo game.

De acordo com informações, testemunhas foram até a Delegacia ainda na noite de ontem e reconheceram os dois suspeitos.

A polícia segue investigando o caso.

O CRIME
Os dois assaltantes já haviam abordado uma outra vítima, em local bem próximo e chegaram à porta da casa onde a vítima estava em uma motocicleta, segundo relatos da família.

“Ela pensou que era brincadeira e disse: ‘que brincadeira sem graça’. Mas o assaltante falou que não era brincadeira e atirou”, conta Maria Cristina de Jesus, irmã da vítima. “Ela era viúva e agora deixa quatro filho, dois são menores, sem pai e sem mãe”, disse, com tristeza. “O que mais me doeu foi quando fui chegando e a filha dela disse: ‘tia mataram minha mãe, agora estou sem pai e sem mãe’. Mataram uma pessoa que nunca fez nada contra ninguém”, observou.

Por Lagarto Como Eu Vejo