Tartarugas resgatadas no litoral de Sergipe passam por reabilitação

Animais foram encontrados debilitados, diz Projeto Tamar.
Guarda-vidas fizeram o resgate de uma delas na Praia do Saco.

tartaruga2
Tartaruga marinha presa em rede de pesca é resgatada em Sergipe (Foto: Rewris Bike/Arquivo Pessoal)

Duas tartarugas da mesma espécie, resgatadas no sábado (2) em pontos diferentes do litoral sergipano, passam por reabilitação em Aracaju. Segundo o Projeto Tamar, cerca de 1% das ocorrências das desovas de tartarugas no litoral de Sergipe é da espécie ‘quelônia’ midas.

Ainda de acordo com o Tamar, como as duas tartarugas estavam debilitadas, provavelmente não teriam força para chegar ao destino final e buscaram a costa do estado para desovar.

Uma tartaruga marinha da espécie Oliva, que estava presa em uma rede de pesca, foi resgatada por guarda-vidas do Corpo de Bombeiros na Praia do Saco, em Estância, litoral Sul de Sergipe, no sábado (02).

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, ao avistarem um vulto na água, os salva-vidas pensaram inicialmente ser o corpo de uma pessoa. No entanto, ao entrarem na água para realizar o resgate, perceberam que se tratava de uma grande tartaruga marinha.

O animal estava completamente envolvido na rede de pesca e aparentava cansaço. Os bombeiros levaram a tartaruga para a areia para que pudessem retirá-la da rede e devolvê-la ao mar. Ainda segundo os Bombeiros, o animal não apresentava ferimentos.

tartaruga
Tartaruga marinha presa em rede de pesca é resgatada em Sergipe (Foto: Rewris Bike/Arquivo Pessoal)