Tata exalta adaptação de Neymar: ‘Parece que joga aqui há muitos anos’

Treinador fica sabendo da morte de seu pai antes de entrevista, mas estará à beira do campo contra o Ajax e viajará em seguida para a Argentina

Por Barcelona

Neymar barcelona treino (Foto: Agência Reuters)

Em sua primeira temporada no Barcelona, Neymar está prestes a superar mais uma etapa: o primeiro jogo de sua carreira em uma Liga dos Campeões, diante do Ajax, nesta quarta-feira. E, para o técnico Tata Martino – também estreante no torneio – o camisa 11, apesar de ainda ser iniciante, já demonstra muita segurança e deve manter tal postura no jogo pela competição continental.

– Este jogo vai ficar na lista das partidas da Liga dos Campeões, de Liga e Copa do Mundo que Neymar jogará em toda a sua carreira, que certamente serão muitAs. A carreira de Neymar na Europa está apenas começando, mas parece que já é longa. É como se ele jogasse aqui há muitos anos. Estamos muito contentes com ele, está nos dando muitas alternativas, não só no ataque, mas também na defesa e recuperação de bolas – afirmou o argentino.

Apesar de ter tudo para ser especial para a dupla de novatos, o jogo contra o Ajax marcará a carreira de Tata Martino de uma forma indesejada. O treinador recebeu a notícia da morte de seu pai antes da entrevista coletiva desta terça e ficará à beira do campo na partida de quarta – em seguida, viajará à Argentina para se despedir.

Tentando se concentrar em seu trabalho, Tata afirmou que as semifinais são o objetivo mínimo a ser alcançando pelo clube, assim como ocorreu nos últimos cinco anos. O treinador também deixou claro que os catalães pretendem levar os três troféus que disputam: Campeonato Espanhol, Copa do Rei e Liga dos Campeões

– Quando assumi o cargo de treinador do Barcelona, eu disse que se o clube não ganhasse nenhum título este ano, seria um fracasso. Cheguei aqui com esse objetivo. Vamos lutar pelos três títulos, porque acredito que o Barcelona tem tudo para continuar ganhando. Estar entre os quatro primeiros da Europa, como no passado, é um bom resultado. Ser eliminado nessa fase pelo Bayern de Munique pode acontecer, talvez não da mesma forma como se perdeu, mas pode acontecer, porque são times muito parecidos. Hoje ninguém pode negar que o Bayern de Munique é equiparável ao Barcelona – observou.

Gerardo Martino barcelona coletiva (Foto: Agência EFE)
Tata Martino: morte do pai não impedirá trabalho contra o Ajax (Foto: Agência EFE)

No primeiro passo da caminhada para alcançar, pelo menos as semifinais da Liga dos Campeões, o Barcelona tem pela frente ao Ajax, o Milan e o Celtic, adversários conhecidos pelo conjunto catalão, que coleciona quatro vitórias em quatro confrontos de Liga. Uma marca que já não impressiona os críticos. A equipe de Tata Martino ainda não convenceu a imprensa catalã, sobretudo pela facilidade com que sofre gols diante de adversários mais frágeis. Os jogadores pedem tempo, mas Tata recorda que falta assimilar alguns ajustes.

– Estamos trabalhando as diferentes fases do jogo e, quando os jogadores assimilarem essas questões, tenho certeza que tudo será mais fácil. Temos de distinguir quando é momento de segurar a bola e quando é momento de atacar. Nos últimos 15 minutos frente ao Sevilla não conseguimos controlar a bola, tentamos atacar e sofremos gol. Nem parecia o Barcelona dos últimos anos. A equipe também tem um problema de marcação à zona e marcação individual. Na minha opinião, é um problema de envergadura física, e isso não podemos mudar, mas temos de escolher a melhor forma de defender e fazer isso o melhor possível, concluiu.

Barcelona e Ajax se enfrentam nesta quarta-feira, às 15h45m (de Brasília), no Camp Nou, pela primeira rodada do grupo H da Liga dos Campeões 2013/14. O GLOBOESPORTE.COM acompanha o duelo em Tempo Real.