Vivo entra na mira do Procon por falhas em SP


(Foto: Reprodução)

A Vivo se tornou a terceira grande operadora de telefonia a ser questionada pelo Procon neste ano por causa de falhas de sinal na Baixada Santista, em São Paulo.

O órgão de defesa do consumidor notificou a empresa na última quarta-feira, 11, exigindo esclarecimentos sobre problemas com as redes móvel e fixa de telefonia e internet na região do DDD 13.

A operadora tem de explicar por que ocorreram falhas, quais serviços foram afetados e quantas pessoas se prejudicaram, além das providências a serem tomadas.

“Vale ressaltar que tais informações já deveriam ter sido prestadas voluntariamente pela empresa por meio de todos os canais disponíveis, especialmente por meio do SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor), em atenção ao princípio da transparência que deve nortear as relações de consumo”, ressalta o Procon.

No começo do ano a Tim também foi enquadrada pelo órgão por causa dos mesmos motivos e, em agosto, a Claro teve de indenizar milhares de clientes na região em razão de falhas ocorridas em julho.

 

 

Por Redação Olhar Digital