Vizinha diz que corpo de morta na Rocinha estava coberto por telhas

Rebeca Miranda, de 9 anos, sumiu na noite deste sábado (28).
Menina foi encontrada com marcas de estupro e estrangulamento.

rebeca
Rebeca foi encontrada morta na manhã deste domingo (29). (Foto: Lívia Torres/G1)

A mãe de Rebeca Miranda Carvalho dos Santos, de 9 anos, esteve no Instituto Médico Legal (IML) na tarde deste domingo (29) para reconhecer o corpo da menina. Rebeca foi encontradamorta em um barranco, a 100 metros da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha, na Zona Sul do Rio. A vizinha que encontrou o corpo de Rebeca disse que ela estava coberta com telhas e que reconheceu o sapato que a menina estava usando. Segundo a PM, a menina foi encontrada com as roupas íntimas abaixadas e sinais aparentes de estupro e estrangulamento.

mae-de-rebeca
Vizinha e mãe de Rebeca (Foto: Lívia Torres/G1)

Maria da Penha Pereira, vizinha e amiga da família, estava na mesma festa onde a menina foi vista pela última vez e disse que a menina pegou dois pedaços de bolo, voltou para buscar o brinde surpresa que estava sendo distribuído na festa, e não foi mais vista.

“Achei o corpo da Rebeca num cantinho feito de cimento. Ela estava toda coberta com umas telhas. Eu só vi porque eu fui até esse buraco e usei o celular para clarear o lugar que estava muito escuro. Foi quando eu vi a sandália que ela estava usando.A Rebeca sumiu 22h30 e eu encontrei o corpinho dela 6h. A gente passou a noite em claro procurando ela. Meu coração pedia para eu ir nesse lugar olhar. Se foi alguém que fez isso não foi da vizinhança. Todo mundo conhecia todo mundo nessa festa. Ela tava bem, brincando”, disse.

A mãe da menina, Maria Miranda de Mesquita, diz que não sabe quem pode ter cometido o crime. “A festa era numa laje e as crianças estavam brincando em um pátio bem na frente. Todo mundo conhecia a Rebeca na comunidade e todo mundo sabia que ela era minha filha. Ela era linda. Minha vizinha encontrou o corpo dela muito próximo ao local da festa coberto com telhas. Eu avisei ao pai dela às 6h. Eu moro na Rocinha desde 1988”, afirmou Maria Miranda de Mesquita, mãe de Rebeca, de 43 anos.

O governador Sérgio Cabral comentou o caso na inauguração da Cidade da Polícia, no Jacarezinho, na manhã deste domingo.

“Qualquer caso nos dói muito, ainda são muitos desafios. Sabemos que estamos enfrentando o tráfico de drogas e a milícia. A gente não tinha a ilusão de que a recuperação dessas comunidades seria fácil”, comentou.

Perícia
Policiais da 15ª DP disseram que familiares da criança procuraram a delegacia por volta das 5h para registrar o desaparecimento. Ao retornarem para a comunidade, encontraram o corpo. O caso foi encaminhado para a Divisão de Homicídios (DH) da Polícia Civil. Peritos e um delegado da DH realizavam, por volta das 10h, uma perícia no local.

rio226740
Menina de 9 anos foi encontrada na localidade Cachopa (Foto: Thiago Lontra / Extra / Agência O Globo)

fonte: G1